O que fazer no lockdown

Ontem recebi uma ligação de um paciente. Diabético, ex-fumante, esportista (o que vem ajudando bastante no controle do diabetes). Queria saber o que fazer no lockdown.

Vinha pedalando em trilhas vazias no interior de SP, onde mora. Ai mesmo se questionou: “e se eu tiver um acidente e precisar de PS”? E passou a subir escadas no prédio.

E ai me lembrei que seu joelho tinha problemas com as caminhadas. Escadas? Não muito bom. Nem muito isolado!

Só um exemplo de problemas que teremos com a necessidade de exercícios e qualidade de vida.

Alguns fatos:

A OMS recomenda 150 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos de intensidade vigorosa por semana, ou uma combinação de ambos. Essas recomendações ainda podem ser alcançadas mesmo em casa, sem equipamento especial e com espaço limitado. A seguir, estão algumas dicas sobre como permanecer ativo e reduzir o comportamento sedentário, mesmo em casa.

Movimente-se o máximo possível. Mesmo num espaço limitado, quanto mais melhor!! Se tiver um contador de passos no celular ou no relógio use o mesmo. Um estudo mostrou que pessoas que caminhavam pelo menos 7000 mil passos por dia tinham menos doenças e mais longevidade.

Faça exercícios de fortalecimento. Mesmo sentado, você pode fazer contrações da musculatura abdominal e das pernas.

Siga uma aula de exercícios online. Diversos profissionais de educação física tem postado uma serie de aula ou de exercícios que possam ser feitos em casa.

Levante-se. Reduza seu tempo sedentário, levantando-se sempre que possível. Idealmente, tente interromper o tempo sentado e reclinado a cada 30 minutos.

Trabalhe algum tempo de pé. Isto ajuda no controle da pressão arterial. E nestes momentos em pé, contraia e relaxe as panturrilhas.

E não deixe de estimular o cérebro. Leitura, jogos de tabuleiro e quebra-cabeças são excelentes opções.

Tome sol. Em isolamento. Se tiver uma área livre na sua casa, ou mesmo terraço no apartamento. Aquela dose diária ajuda na manutenção dos níveis de Vitamina D. E diminui os riscos de depressão.

Relaxe um pouco. Tudo isto irá passar em breve!!